quarta-feira, 20 de setembro de 2017

14- CRISTO É A VOSSA ESPERANÇA



Com Cristo vós obtendes a remissão dos pecados e, deste modo, o mundo encontra a reconciliação com Deus em Cristo. Parai e imaginai como é grande o amor de Jesus por vós. O Sacrifício da Cruz, realizado por amor, teve, sem dúvida, um poder redentor: o amor é mais forte que o pecado. No amor do Meu Filho, o mundo e, sobretudo o homem, foi reconciliado com Deus. O amor que Jesus vos ofereceu na Cruz possui este poder vitorioso: une com o Pai tudo o que por causa do pecado se tenha separado dele. Aquilo que, por causa do pecado, se tinha contraposto a Deus, é em Cristo de novo orientado para o Criador e Pai. 

Aceitai os ensinamentos que Jesus vos apresenta por meio do Seu Evangelho. Aceitai as verdades que a Igreja de Cristo vos apresenta. A Igreja Católica é reconciliadora, na medida que mostra os caminhos e oferece os meios. Os caminhos são exatamente o da conversão do coração e da vitória sobre o pecado, seja ele o egoísmo ou a injustiça, a prepotência ou a exploração de outrem, o apego aos bens materiais ou a busca desenfreada da violência. Os meios de Salvação são os da fiel e amorosa escuta da palavra de Deus, da oração pessoal ou comunitária e, sobretudo, dos sacramentos, verdadeiros sinais e instrumentos de reconciliação entre os quais se sobressai, precisamente sob esse aspecto, aquele a que, com razão, chamais de sacramento da Reconciliação ou Penitência. 

Deus sustenta a perseverança e a coragem de todos os que trabalham verdadeiramente e com amor fraterno para a divulgação das Minhas mensagens. Sabei que tudo o que fizerdes em Meu favor, tereis em dobro a recompensa. Redobrai os esforços para tornar cada vez mais íntima entre vós a comunhão da Igreja e mais forte a solidariedade entre todos os brasileiros. Sois testemunhas atendíveis do amor da Santíssima Trindade, que foi infundido na vossa alma no dia do vosso Batismo. Com a certeza deste sopro trinitário de amorosa e harmoniosa disponibilidade de intenções, enfrentai com coragem os grandes desafios que o mundo vos apresenta. 

Preparai-vos para serdes os dispensadores dos dons de Deus, com um coração aberto a todos. Oferecei também a todo o povo de Deus os meios de aprofundamento da própria vida espiritual, de modo que, ao descobrirem cada vez mais a alegria da beleza do amor de Deus, no espírito das Bem-Aventuranças, renovem o dinamismo do seu compromisso como filhos de Deus. Ajudai os jovens a darem os passos para seguirem ao encontro de Cristo e aprofundarem cada vez mais as riquezas da fé e viverem-nas. Encorajai a todos a porem em prática os apelos de Deus. Pôr em prática, neste sentido significa viver o mandamento do amor, fonte da serenidade e da paz. 

É preciso vencer o mal com o bem, pôr os dons recebidos a serviço uns dos outros, e revestir-se continuamente de sentimentos de Misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão e de paciência. Se desejais encontrar satisfação para a sede de felicidade que abrasa vosso coração, é para Cristo, Caminho, Verdade e Vida, que deveis orientar vossos passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário