terça-feira, 3 de maio de 2016

3- A SANTÍSSIMA TRINDADE

A SANTÍSSIMA TRINDADE É COMO TRÊS VELAS ACESAS, COM UMA SÓ CHAMA

 

Deus é um só, mas vive em três pessoas reais e distintas (cada pessoa é uma): o Pai, o Filho e o Espírito Santo. É o que chamamos o Mistério da Santíssima Trindade.

Deus é Pai porque é a origem primeira de tudo e nesse sentido Deus é também mãe (ver detalhes no n. 240 do Catecismo). Deus é Pai porque é o criador de tudo e porque tem seu Filho único Jesus Cristo, no qual todos nós também somos filhos de Deus.

Jesus é o Filho de Deus que se fez homem para nos salvar (Jo I). Jesus e 100% Deus e 100% homem. Ele nasceu de Maria, sempre Virgem, aceitou sofrer e morrer na cruz, mas ressuscitou e está vivo no céu, 100% Deus, 100% homem. Sua obediência ao Pai nos trouxe a tão desejada salvação. O Verbo se fez carne para nos salvar e assim nos reconciliar com Deus, mostrando-nos, desse modo, o amor de Deus, para ser nosso modelo de santidade e para nos tornar participantes da natureza divina.

O Espírito Santo é a terceira Pessoa de Deus e nos foi revelado por Jesus Cristo. É enviado aos apóstolos e à Igreja, tanto pelo Pai, em nome do Filho, quanto pelo Filho em pessoa, depois que este voltou para junto do Pai.

Para Deus, nada é impossível. Ele faz tudo o que quer (Sl 115,3). Mas tudo o que faz provém de sua vontade justa e de sua inteligência sábia. Nunca faz o mal nem qualquer tipo de injustiça aos seres humanos.

Se Deus permite o mal, o sofrimento, é porque respeita a nossa liberdade. Não quer ser servido por "fantoches", mas por pessoas conscientes, e de livre e espontânea vontade. Cristo venceu o mal pela sua morte e ressurreição. Os que não quiserem fazer ou participar do mal, estão livres para seguir Jesus Cristo. Por isso, podemos dizer que Deus nunca castiga (Lc 15,11-32; Jo 8,1-11; Jo 17,24-26; Lc 23,39-43). Quando permite a doença ou outro mal, talvez esteja desejando a nossa conversão.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIGITE AQUI O SEU COMENTÁRIO