domingo, 9 de agosto de 2015

NOV.NATAL n° 2- 6º DIA


SEXTO DIA
ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS
INICIAL: um cântico, um terço ou uma dezena do terço.
FINAL:  Senhor Deus, que nós nos preparemos dignamente para o Natal de vosso Filho, tirando de nossos corações a tristeza, a falsa alegria, o desânimo, o apego ao pecado, o individualismo, a falta de amor e a falta de autodoação. Fortalecei-nos, para que transformemos a nós mesmos e o mundo que nos circunda, por Cristo, nosso Senhor, que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo. Amém.
PARA LER
Filipenses 3,20-21: “Nós somos cidadãos do céu. De lá aguardamos o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Ele transformará o nosso corpo humilhado e o tornará semelhante ao seu corpo glorioso, com o poder que tem de sujeitar a si todas as coisas”

PARA RESPONDER
1- Você tem consciência de que esta vida passa e vamos morrer? Como se sente ao pensar nisso?
2- Nas frase: “Se não vigiarmos, poderemos cair mais baixo do que os pecadores que criticamos” – é verdadeira ou falsa? Por quê?
3- “Nós somos cidadãos do céu”- explique o que você pensa.

PARA REFLETIR
O papa falou à Cúria Romana no Natal de 2014 que muitos têm a “doença de se sentir imortal, com as características: sentir-se “imortal”, “imune”, “indispensável”, sem praticar a autocrítica, sem se atualizar, sem procurar melhorar, sentir-se superior a todos e não ao serviço de todos, achar-se um dos “eleitos”, narcisismo que se apaixona pela própria imagem e não vê a imagem de Deus gravada no rosto dos outros, especialmente dos mais frágeis e necessitados (...). É a doença do rico insensato do evangelho que pensava viver eternamente (Lucas 12,13-21), mas morreu no mesmo dia(...) O antídoto para esta epidemia é a graça de nos sentirmos pecadores e dizer de todo o coração: “Somos servos inúteis, fizemos o que deveríamos fazer” (Lucas 17,10)”.
São Paulo nos diz que a felicidade celeste não tem como ser mostrada na linguagem humana e que vale a pena tudo o que sofremos tendo em vista sermos um dia “cidadãos do céu”.

Esta vida vai passar, mas a do céu é eterna! E todos somos chamados a viver no céu. Pertencemos ao céu e não à terra. Estamos aqui apenas de passagem! Vale a pena vivermos nossos 80 ou 90 anos de nossa vida na graça de Deus, para entrarmos nos bilhões de trilhões de trilhões de anos que vamos viver no céu, ou seja, eternamente?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIGITE AQUI O SEU COMENTÁRIO