quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

EV. JOÃO CAPÍTULO 15


V.1-3- O critério para saber se existe a comunhão entre o cristão (=ramo) e Cristo é dado pelos frutos, ou seja, pela observância dos mandamentos e pelo amor fraterno.

v.2- Deus nos permite os sofrimentos e as provações para "podar", "limpar", a fim de que demos mais frutos ainda do que daríamos sem estes obstáculos. 

"Todo crescimento é sempre acompanhado de tensões, de desequilíbrios, tanto no campo fisiológico como no social, no político, no religioso" (Missal dominical).

v.5- "Sem mim, nada podeis fazer". Não poderia ser mais clara essa frase. "Sem Deus, a criatura se reduz a nada" (Lumen Gentium).

v.10- É cumprindo os mandamentos, ou seja, vivendo sem pecados e atuando na comunidade, é que permaneceremos no amor de Deus.

v.12- É amando o próximo que mostramos que amamos a Deus. 

v. 14-15- Se praticarmos o que Jesus nos manda, não seremos mais tidos como servos, mas como seus amigos.

v. 16- A vocação é dada por Deus; não somos nós que a escolhemos. Nosso "sim" sempre é uma resposta à iniciativa de Deus. E como diz o evangelho, Deus nunca "se arrepende" pela vocação e pelos dons que nos deu. 

v. 18-21- Se perseguiam Jesus, perseguirão também aos que o seguirmos, e estarão perseguindo o próprio Jesus em nós. 

v.22- Conhecer a Palavra de Deus nos dá maior responsabilidade em sermos santos. "A quem se deu muito, também se pedirá muito". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIGITE AQUI O SEU COMENTÁRIO