quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

EV. JOÃO CAPÍTULO 04


CAPÍTULO 04

V. 1-30.39-40


A Samaritana. Esse encontro de Jesus com ela é muito bonito e fácil de entendermos. Eis alguns tópicos:

- Jesus e seus discípulos tinham andado cerca de 50 km 

- Ele pediu água à samaritana porque o poço era fundo.

- Os judeus não se dão com os samaritanos e isso impedia tanto de Jesus pedir água como a samaritana de dar-lha.

- Jesus tem outro tipo de água, que mata a sede da vida eterna, e a oferece à samaritana.

- A mulher aceita essa água, mas pensa ser uma água material, mágica, que lhe desse folga de seus trabalhos.

- Jesus procura mostrar-lhe o que significa beber da água viva que ele tem: em primeiro lugar, deixar o pecado. Faz isso perguntando do marido (que não era marido) da mulher. E lhe mostra seu pecado (5 maridos e o 6º não era marido)

- A mulher desvia o assunto e coloca em pauta um dos motivos da briga entre Judeus e samaritanos: qual seria o verdadeiro templo onde se prestava culto a Deus. Nós fazemos muito isso! Procuramos assuntos supérfluos para desviar a atenção dos que podem nos mostrar os erros e "tapeá-los" com uma vida hipócrita.

- Jesus mostra à mulher que a salvação vem dos judeus, e é ele quem a traz. A adoração não vai se restringir a templos, mas todos o adorarão em espírito e verdade.

- A mulher mostra que sabe que o Messias deve vir.

- Jesus se revela a ela como esse Messias.

- A mulher largou o seu cântaro (que até então tinha negado) e foi à cidade contar-lhes que Jesus dissera coisas íntimas de sua vida.

- Os cidadãos foram ver Jesus por causa do testemunho da mulher, mas creram nele e passaram a ouvi-lo pela sua própria pessoa, pelo seu testemunho pessoal, e não mais pelo que a mulher dissera. Em nossa vida, cabe-nos também anunciar Cristo às pessoas e para Ele as encaminharmos, a fim de que eles se encontrem e aprendam do próprio Cristo o que fazer e que caminho tomarem. É como dizia S. João Batista: "É preciso que ele cresça e que eu diminua!"

- Pediram-lhe que ficasse ali mais uns dois dias. Isso era uma grande conversão, pois judeus e samaritanos se odiavam!

v 31-38

Jesus se alimentava, em parte, do alimento comum, mas seu alimento principal era fazer a vontade do Pai, que o enviou ao mundo.

- a ceifa (a colheita) já está sendo feita, com a pregação de Jesus.

v.44-54

Conta o milagre da cura do filho de um nobre, que estava em outra cidade. No v. 48, Jesus recrimina quem só crer se ver algum milagre. É preciso crer, mesmo sem ver milagres, ou seja, simplesmente crer na palavra que Jesus nos diz. 



É o segundo milagre de Jesus, diz o versículo 54. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIGITE AQUI O SEU COMENTÁRIO