sábado, 21 de julho de 2012

MATEUS CAPÍTULO 24





Todo este capítulo é de difícil entendimento, porque une a destruição de Jerusalém, que se deu no ano 70 de nossa era, com o fim do mundo. Na verdade, no ano 70 podemos dizer que a ruina de Jerusalém marca o fim da Aliança antiga e o começo do reinado de Cristo. Nesta data, ano 70, a mensagem do Evangelho realmente atingira todo o mundo conhecido na época, pelo menos as partes vitais do então Império Romano.

Ninguém sabe como o mundo vai acabar. Na verdade, pouco interessa para nós, pois não será agora (se os países do primeiro mundo não resolverem destruí-lo antes).

Nossa obrigação é construir o mundo, como se ele nunca fosse acabar, a fim de que os nossos netos e bisnetos tenham onde morar, mas não construí-lo de qualquer jeito: devemos trabalhar na construção de um mundo justo, fraterno, irmão, em que ninguém passe fome ou fique doente, mas também que ninguém engane ninguém e que todos amem a Deus e ao próximo. É, na verdade, um programa para a vida toda.

Devemos, pois, ler o capítulo 24 como um todo, e não ficar tentado descobrir “adivinhações”, nos versículos, sobre o que vai acontecer no futuro. A mensagem principal é: acreditemos nas palavras de Jesus e nos convertamos! Estejamos sempre vigiando e alerta, pois no dia em que menos esperarmos, Jesus virá nos buscar. Devemos todos estar preparados para esse grande dia, que é o da nossa morte. Vamos nos encontrar com Jesus! Isso, é claro, se já nos encontramos com ele agora. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIGITE AQUI O SEU COMENTÁRIO