terça-feira, 10 de julho de 2012

CAÍMOS PORQUE ESTÁVAMOS DE PÉ



07/07/12- 

Estava fazendo a Via Sacra, dentro da Hora Santa quando, na terceira estação, a queda de Jesus, veio-me à mente o fato de que, se Jesus caiu no caminho do Calvário, é porque Ele pegou a Cruz: ele não a recusou! É porque Ele estava de pé! Se Ele não a tivesse pegado, nunca teria caído!

Em nossa vida, muitas vezes caímos porque estávamos de pé, estávamos tentando fazer alguma coisa boa para os outros e talvez fomos caluniados, ou vítimas de invejosos! O pior seria se nunca tivéssemos caído! Seria pelo motivo de que nunca estivéramos erguidos, tentando caminhar e ajudando outras pessoas a caminharem! De fato, quem se arrasta no chão, nunca vai cair! Quem rasteja no caminho, como uma cobra, não terá chance de cair!
Jesus caiu uma, duas, três vezes! Ele ia morrer mesmo! Por que simplesmente não largou a Cruz e deixasse que o matassem? Seria menos doloroso! Algum soldado talvez lhe enfiasse uma lança no peito e Ele não teria sofrido tanto!

Jesus não desistiu de sua Cruz : levou-a até o fim! E por tê-la levado, caiu. Fracassou? Aparentemente, sim! Mas não fez nenhum ato de fracassado: foi, vitoriosamente, caminhando para o suplício, suplício cruel, sangrento e extremamente doloroso.

A morte de Jesus foi tão bárbara que Pôncio Pilatos foi, alguns meses depois, destituído de seu posto de governador. Ele exagerou na dose e até as autoridades romanas reconheceram isso, ao destituí-lo.

Nós gostaríamos de nunca termos caído em pecado, de nunca termos desistido disto ou daquilo, não é mesmo? Mas, se caímos, é porque estávamos tentando andar, tentando caminhar no caminho que Jesus indicou.

Há diferença entre cair numa caminhada para o Reino de Deus e vivermos caídos! Os que vivem no crime, no pecado, na ambição, não estão no caminho! Nunca vão cair de lugar algum, pois já estão no chão! Talvez um dia estivessem, mas pode ser que desistiram e ficaram caídos. Se Jesus tivesse desistido, ficasse caído, teria sido morto ali mesmo. Não teria levado a Cruz até o Calvário.

Vamos ajudar os caídos? Vamos erguê-los? Aproveitemos o tempo em que estamos caídos, nossas quedas, em que estamos também “rastejando”, no mesmo nível que eles, para que nos reergamos com eles! Levantar-se juntos é mais realizável do que estender a mão de cima para baixo.
Essa é a diferença de quem tem fé em Deus, confiança no Amor Misericordioso de Jesus: sabe que ele sempre está com as mãos estendidas para nos pegar, com os braços abertos, como na Cruz, para se erguer conosco, a fim de que ressuscitemos com ele.

Veja bem: ressuscitarmos COM Jesus. Ele não nos puxa para cima, mas sobe conosco! Ele esteve conosco todo o tempo!

Deus não nos puxou para cima: Ele desceu, ficou conosco no mesmo nível apesar de nunca ter pecado, e substituiu-nos na Crus: levou-a até o fim, mas caiu três vezes.

E nós? Quantas vezes caímos? Não importa. E Deus nos diz, como naquela canção antiga: “ Amigo, levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!”
Se caímos, amigos e amigas, ânimo! Retomemos o caminho e vigiemos, par não cairmos mais! Se você permanecer em pé, tentar ajudar os outros, talvez vá cair, sim, algum dia. Mas... Jesus também caiu por tentar levar a Cruz. Ele conhece bem o assunto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIGITE AQUI O SEU COMENTÁRIO