quinta-feira, 11 de outubro de 2012

NOVENA DE NATAL n° 01- 4° DIA


1 – CANTO INICIAL (tire algumas cópias dos cânticos que o seu grupo conhece)
2 – ORAÇÃO DO ROSÁRIO (Veja “ORAÇÕES/ ROSÁRIO/ VIA-SACRA no topo do blog)
3 – LEITURA DO DIA : 2ª Leitura - 2Pd 3,8-14

O que nós esperamos são novos céus e uma nova terra.

Leitura da Segunda Carta de São Pedro 3,8-14

Uma coisa vós não podeis desconhecer, caríssimos: para o Senhor, um dia é como mil anos e mil anos como um dia. O Senhor não tarda a cumprir sua promessa, como pensam alguns, achando que demora. Ele está usando de paciência para convosco. Pois não deseja que alguém se perca. ao contrário, quer que todos venham a converter-se.

 O dia do Senhor chegará como um ladrão,e então os céus acabarão com barulho espantoso; os elementos, devorados pelas chamas, se dissolverão,e a terra será consumida com tudo o que nela se fez. Se deste modo tudo se vai desintegrar,qual não deve ser o vosso empenho numa vida santa e piedosa, enquanto esperais com anseio a vinda do Dia de Deus, quando os céus em chama se vão derreter, e os elementos, consumidos pelo fogo, se fundirão? O que nós esperamos, de acordo com a sua promessa, são novos céus e uma nova terra,onde habitará a justiça.

Caríssimos, vivendo nesta esperança, esforçai-vos para que ele vos encontre numa vida pura e sem mancha e em paz.
Palavra do Senhor.

4 – REFLEXÃO DIALOGADA (Você lê a pergunta e todos participam das respostas).
1 – O que você pensa desta frase da leitura: “Ele (o Senhor) está usando de paciência para convosco”?
2 – Por que Deus quer que todos se convertam, e por isso espera pacientemente pela nossa conversão?
3 – Qual é a sugestão que S. Pedro nos dá para esperarmos a vinda do Senhor, que poderá ser a qualquer momento, com nossa morte?

5 – REFLEXÃO :
Deus pode agir a qualquer momento e fazer o que bem entender. Se ainda não agiu, é porque tem pena de nossa burrice em continuarmos no pecado, nas coisas que ele abomina. Ele não deseja que ninguém se perca, ou seja, que todos entremos no céu.

Deus nos ama muito, de modo infinito, como diz Jeremias 31,3: “Eu te amei com um amor eterno!”. Por isso, quer que o obedeçamos porque sabe que só na santa obediência à sua vontade nós poderemos querer ir para o céu após nossa morte. Deus não manda ninguém para o inferno: somos nós que procuramos o caminho. Aí você vai dizer: “Então, mesmo que eu viva uma vida de pecado, eu vou escolher ir para o céu após minha morte!”.

É aí que você se engana: Após a morte vamos deixar a mentira completamente! Vamos ser verdadeiros, sinceros e plenamente coerentes com aquilo que escolhemos na terra. Por isso, os que não cumpriram a vontade de Deus, eles mesmos vão de distanciar do paraíso. Distanciar-se do paraíso é o que chamamos de inferno!

A sugestão de S. Pedro está no final da leitura: uma vida pura, sem mancha e em paz. São palavras rápidas e simples, mas que encerram um peso enorme de responsabilidade. Viver uma vida pura significa principalmente não usar “máscaras” no relacionamento do dia a dia, ou seja, ser sincero, nunca falar a mentira, viver na humildade, deixar de lado a vaidade, as exigências bobas e uma série de coisas que tornam impuro o nosso coração.
Viver sem mancha é viver sem pecado algum. Viver em paz é sobretudo perdoar, a fim de sermos perdoados por Deus e sentirmos a fraternidade de nosso convívio.

6 – CANTO À ESCOLHA.

7 – ORAÇÕES PESSOAIS: Cada pessoa coloca suas intenções.

8 – Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória ao Pai, nessas intenções que foram colocadas
.
9 – Bênção final, que pode ser assim: “ABENÇOE-NOS O DEUS TODO PODEROSO PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO. AMÉM. (O dirigente faz o sinal da cruz sobre si mesmo).

10 – CANTO FINAL, À ESCOLHA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário