quinta-feira, 11 de outubro de 2012

NOVENA DE NATAL n° 01– 1° DIA




1 -  CANTO INICIAL

2 – ORAÇÃO DO ROSÁRIO

3 – LEITURA DO DIA:

1ª Leitura - Is 63,16b-17.19b;64,2b-7

Ah! se rompesses os céus e descesses!

Leitura do Livro do Profeta Isaías 63,16b-17.19b;64,2b-7

“Senhor, tu és nosso Pai, nosso redentor; eterno é o teu nome. Como nos deixaste andar longe de teus caminhos e endureceste nossos coraçðes para não termos o teu temor? Por amor de teus servos, das tribos de tua herança, volta atrás. Ah! se rompesses os céus e descesses! As montanhas se desmanchariam diante de ti. Desceste, pois, e as montanhas se derreteram diante de ti. Nunca se ouviu dizer nem chegou aos ouvidos de ninguém, jamais olhos viram que um Deus, exceto tu,tenha feito tanto pelos que nele esperam. Vens ao encontro de quem pratica a justiça com alegria, de quem se lembra de ti em teus caminhos. Tu te irritaste, porque nós pecamos; é nos caminhos de outrora que seremos salvos. Todos nós nos tornamos imundície, e todas as nossas boas obras são como um pano sujo; murchamos todos como folhas, e nossas maldades empurram-nos como o vento. Não há quem invoque teu nome, quem se levante para encontrar-se contigo, escondeste de nós tua face e nos entregaste à mercê da nossa maldade. Assim mesmo, Senhor, tu és nosso pai, nós somos barro; tu, nosso oleiro, e nós todos, obra de tuas mãos. Palavra do Senhor.

4 – REFLEXÃO DIALOGADA:
 
1- O que você entende pela frase: “Todos nós nos tornamos imundície e todas as nossas boas obras são como um pano sujo”..?
2O que você entende com a frase “murchamos todos como folhas, e nossas maldades empurram-nos como o vento”?
3 - Quais as tentativas de solução que profeta aponta para mudar essa situação?

5 – REFLEXÃO
A imundície, o pano sujo, indicam, na bíblia, a impureza que contraímos diante de Deus ao pecarmos. Um dos pecados que o povo fazia, muito grave, era o que muitas pessoas fazem hoje em dia: abandonar a Deus em busca de outros “deuses”. Na época, essa atitude era ratificada com a idolatria. Hoje em dia, essa “idolatria” não se refere mais a deuses feitos de pedra ou barro, mas à busca desenfreada e a qualquer custo do dinheiro, do sexo, poder, ganância, avareza, individualismo, imoralidade, criminalidade, descompromisso com a sociedade, vaidade exagerada etc.

Pelo Batismo e pelo arrependimento sincero de nossos pecados lavamos as nossas vestes e nos purificamos. Como diz o Apocalipse 21,27: “Coisa imunda alguma entrará na cidade celeste”

Quanto à segunda questão, sem a água brotada de Jesus, nos sacramentos, murchamos como folhas secas. Nossas maldades, nos fazendo secar, nos empurram para a confusão, para a desordem, como o vento faz com as folhas que você acabou de varrer e amontoar.

Quanto à terceira pergunta, as sugestões dadas por Isaías são estas:

1 - “ Por amor de teus servos, das tribos de tua herança, volta atrás”. O profeta pede a Deus que reconsidere a sua ausência do povo e volte, a fim de socorrê-lo. Quando abandonamos a Deus, ele nos deixa às nossas próprias forças, até que resolvamos aderir a ele de coração e definitivamente. Ele respeita nossa liberdade em estarmos ou não com ele. Voltar atrás, aqui, significa: “Volte a nos ajudar, a ser nosso Pai, a nos proteger!”

2 - “Ah! se rompesses os céus e descesses!” ou seja, que bom que voltaste a nos ajudar! E em Cristo Jesus, Deus “rompeu o céu”, desceu, tornou-se homem e nos salvou. Jesus é um “Deus-conosco”. Estamos na novena do Natal, aguardando a festa do nascimento de Jesus. Ele ainda não vive nos corações de mais de quatro bilhões de pessoas. Para essas pessoas, não cristãs, Jesus ainda não nasceu.

3 - “Vens ao encontro de quem pratica a justiça com alegria, de quem se lembra de ti em teus caminhos”. Praticar a justiça significa ser misericordioso, cuidar de quem fez por merecer, ser caridoso, quem segue os mandamentos. Se amarmos o próximo com boa vontade, com alegria, se confiarmos em Deus, ele nos purificará e não ficaremos mais com as vestes sujas. A presença de Deus cura qualquer problema.

6 – CANTO À ESCOLHA.

7 – ORAÇÕES PESSOAIS: Cada pessoa coloca suas intenções.

8 – Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória ao Pai, nessas intenções que foram colocadas.

9 – Bênção final, que pode ser assim: “ABENÇOE-NOS O DEUS TODO PODEROSO PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO. AMÉM. (O dirigente faz o sinal da cruz sobre si mesmo).

10 – CANTO FINAL, À ESCOLHA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário