domingo, 8 de maio de 2011

37- A SANTA CEIA


1- PARA LER:-1ª Coríntios 11, 23-34 :- "23.Eu recebi do Senhor o que vos transmiti: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão 24.e, depois de ter dado graças, partiu-o e disse: Isto é o meu corpo, que é entregue por vós; fazei isto em memória de mim. 25.Do mesmo modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a Nova Aliança no meu sangue; todas as vezes que o beberdes, fazei-o em memória de mim. 26.Assim, todas as vezes que comeis desse pão e bebeis desse cálice lembrais a morte do Senhor, até que venha. 27.Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor. 28.Que cada um se examine a si mesmo, e assim coma desse pão e beba desse cálice. 29.Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação. Esta é a razão por que entre vós há muitos adoentados e fracos, e muitos mortos. 31.Se nos examinássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. 32.Mas, sendo julgados pelo Senhor, ele nos castiga para não sermos condenados com o mundo. 33.Portanto, irmãos meus, quando vos reunis para a ceia, esperai uns pelos outros. 34.Se alguém tem fome, coma em casa. Assim vossas reuniões não vos atrairão a condenação. As demais coisas eu determinarei quando for ter convosco." - Bíblia Católica Online
2- PARA SABER
A Santa Missa é o ponto mais importante de nossa religião Católica. Ela se baseia totalmente na última ceia de que Jesus participou com os seus discípulos. Jesus se utilizou da ceia pascal dos judeus para nos deixar seu Corpo e Sangue como força para a nossa caminhada nesta vida.
A ceia pascal dos judeus tinha pães ázimos (sem fermento), vinho, ervas amargas e o Cordeiro Pascal. A única modificação que Jesus fez foi tirar o cordeiro. Jesus ficou no lugar dele. O cordeiro era sacrificado, ou seja, era matado e oferecido a Deus. Ora, Jesus foi morto no seu oferecimento ao Pai, como se fosse um cordeiro. Nós chamamos de Jesus, o cordeiro de Deus, o Pão e o Vinho consagrados na Missa. Já São João Batista tinha chamado Jesus de “O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (veja isso em João 1,29).
Quando celebramos a Missa, lembramos a morte e a ressurreição de Jesus. Também ouvimos a mensagem de Deus narrada na Bíblia, pedimos perdão pelos nossos pecados, agradecemos todos os dons e graças recebidos de Deus durante a semana, e pedimos sua força para a semana que começa. Quem fez a primeira comunhão e está preparado, comunga, então, recebendo dentro de si o Corpo e o Sangue de Cristo.
São Paulo, no trecho que lemos logo no começo, nos diz que devemos nos respeitar, amar e partilhar uns com os outros os dons que temos, para que sejamos dignos de participar da Comunhão. Quem não sabe repartir o que tem, quem não sabe compartilhar, quem tem a maldade no coração, não pode participar da Ceia do Senhor, celebrada na Santa Missa.
Quando o padre repete, na Missa, as palavras que Jesus Cristo disse na Última Ceia, o pão e o vinho que estão sendo consagrados no altar se transformam no Corpo e no Sangue de Cristo. É difícil até para os sacerdotes entenderem como isso se realiza, mas é uma verdade muito grande. O que sobra, é colocado no sacrário (aquele pequeno armário da parede com uma luz ao lado), para a comunhão dos doentes e para as celebrações feitas pelos ministros leigos. O Pão consagrado guardado no sacrário é chamado também de Santíssimo. As pessoas costumam adorar e rezar a Deus diante do Santíssimo.
3-PARA VIVER
Nunca falte à missa no sábado ou no domingo, ou pelo menos, na celebração feita pelo ministro leigo. Quando não der para ir no domingo, vá em outro dia da semana, mas nunca fique uma só semana sem ir à missa ou à celebração. Deus vai ajudar você e nunca o (a) abandonará.
4- PARA FAZER
Prepare com os demais da sua turma uma encenação da Santa Ceia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário